"... a graça e a verdade vieram por meio de Jesus Cristo." (João 1:17)
IEGA Church
Igreja Evangélica na Graça em Alphaville
Alphaville - Barueri - SP - BR / New Providence- NJ - USA
O Corpo precisa de movimento
by Gu on March 6th, 2012

Texto base: Efesios 4:11-14 “E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores, querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo, para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente.”
Na última semana participei de um evento onde houve a palestra do Dr. Dráuzio Varella, na qual ele disse uma frase que me marcou muito: “o corpo humano foi planejado para o movimento”. Ele também explicou que a falta deste movimento leva o corpo ao desequilíbrio causando doenças como a obesidade, colesterol alto, hipertensão, etc. E que um corpo com estas características, dificilmente, chegará ao tempo máximo de sobrevivência possível, podendo morrer “antes do tempo”.

Neste texto, o apóstolo Paulo compara a Igreja a um corpo, o Corpo de Cristo, e este corpo também foi planejado para o movimento e, assim como o corpo humano, terá problemas de saúde se for sedentário, assim como será muito saudável se for ativo, alcançando uma maior longevidade. Mas quais são os movimentos necessários para este corpo? Quais são as conseqüências da sua plena atividade ou do seu sedentarismo?

No v. 12, Paulo diz que os membros deste Corpo existem com o propósito de preparar para a obra do ministério. Esta é a atividade que o Corpo precisa praticar: a obra do ministério. Esta obra pode ser resumida em duas missões:
- A grande comissão (Mt 28:19-20): temos que IR e PREGAR o evangelho a toda a criatura – amar e levar a Palavra àqueles que ainda não a receberam;
- A mordomia (Mt 25:14-28): temos que NEGOCIAR os nossos talentos até que o Senhor volte – usar os dons e habilidades que temos na Obra de Deus.

Em atividade, o Corpo passa a ser espiritualmente saudável, alcançando a unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, chegando à maturidade (v.13). A maturidade da fé é a morte, morte para os nossos planos, para a nossa vida, para os nossos objetivos, para que outros possam receber a vida! Passamos a pensar como Cristo e o nosso prazer passa a ser fazer a obra de Deus, morrendo para as coisas deste mundo, e buscando o Reino de Deus e a Sua justiça.

Sedentário, ou seja, sem praticar regularmente as atividades necessárias, o Corpo fica inconstante, abatido, com falta de fé. Passamos para olhar para as nossas dificuldades, pensamos no “nosso umbigo” e nos abatemos, perdemos o ânimo e paramos pelo caminho. Sofremos um esfriamento espiritual, ficamos “mornos”, e a Igreja míngua chegando até a morrer.

Agora, vamos pensar: como está o Corpo de Cristo que temos visto? Será que ativo, ou sedentário? Será que temos aplicado os nossos dons na Obra? Será que temos amado àqueles que não conheceram a verdade e temos ido ao encontro deles? Será que temos morrido para gerar vida? Ou será que temos sido sedentários, esperando que o Espírito Santo faça tudo e ficamos esperando as coisas acontecerem?

Existe uma música de uma banda cristã chamada Casting Crowns que diz em uma das suas músicas:
Se nós somos o Corpo, por que:
- Seus braços não estão alcançando?
- Suas mãos não estão curando?
- Suas palavras não estão ensinando?
- Seus pés não estão indo?
- O Seu amor não está mostrando ao mundo que há um caminho, que Jesus é o caminho?

E eles complementam esta parte dizendo que Jesus pagou um preço muito alto para que NÓS escolhêssemos quem deveria vir.

Devemos nos lembrar que o Corpo é o resultado dos membros que o compõem, que são diferentes, mas contribuem para o mesmo objetivo: a sua movimentação ou sedentarismo. Pense em quantos membros e órgãos do corpo são necessários para uma “caminhada”: pernas, pés, braços, ombros, pulmão, coração... E como temos contribuído para isso?


Posted in Estudo Bíblico    Tagged with Crescimento Espiritual, Caráter Cristão, Posicionamento, Palavra de Deus


1 Comments

Cibele - March 16th, 2012 at 6:27 AM
Maravilhoso. Que esta consciência contagie a família, igreja, o bairro e assim por diante.
Leave a Comment